Lucille Kanzawa

Lucille Kanzawa (Mirandópolis/ SP, 1963) Formada tradutora-intérprete pelo Centro Universitário Ibero-Americano (Unibero), morou nos Estados Unidos, na Alemanha, na França e em Israel, além de ter visitado outros cerca de 70 países. Entre textos e fotos, publicou seus trabalhos nas revistas TERRA, Vida simples, Caros Amigos, Horizonte geográfico, Viagem e turismo, ONLY mobile art, Top […]

Fotoklub Zagreb vintage

O Fotoklub Zagreb foi fundado no final do século XIX, em 1892. Na época, a fotografia croata foi fortemente influenciada pela austríaca, que desempenhou um importante papel ao estimular todo o movimento fotográfico europeu amador. O primeiro período de ouro abrange as décadas de 1930 à 1950, período no qual a fotografia croata passou a […]

Valdir Zwetsch

O Yamurikumá é um raro ritual de afirmação feminina numa sociedade patriarcal. Nesse dia de festa as mulheres se enfeitam, cantam, dançam e simbolicamente “tomam conta da aldeia. (Aldeia Ipavu, do povo Kamayurá, Território Indígena do Xingu, Brasil, 1973)

Esta série fotográfica faz parte da Coleção de Fotografias da Bibliòteque nationale de France. XINGU, 1973 Valdir Zwetsch fez três viagens ao Território Indígena do Xingu no início dos anos 1970 como repórter das revistas brasileiras “O Cruzeiro” e “Realidade” — ambas já extintas. Além de escrever reportagens sobre cerimônias rituais importantes – como o […]

Allan Cunha

(São Paulo, 1993) De família nordestina, cresceu no bairro de São Miguel Paulista, na periferia da zona leste de São Paulo. Descobriu a fotografia e o audiovisual na adolescência. Aos 18 anos, trabalhando no comércio, adquiriu sua primeira câmera e fez seu primeiro curso na área. Anos mais tarde, graduou-se em Fotografia, pela Universidade Paulista […]

Léu Britto

(São Paulo/ SP, 1987) Já dizia o provérbio: se a vida lhe der um limão, faça dele uma limonada. É exatamente isso que apresento no ensaio fotográfico “A gambiologia da sevirologia”: como a população periférica desenvolveu estratégias para sobreviver e se adaptar às adversidades de um contexto de ausências. Gambiarra, para nós – me incluo, […]

Marcos Prado — Os carvoeiros

Marcos Prado (Rio de Janeiro/ RJ, 1961) Este ensaio faz parte do acervo de fotografias da Bibliothèque nationale de France. Marcos Prado iniciou sua carreira como fotodocumentarista quando desenvolveu temas como “Free Tibet” e “Jardim Gramacho”. Recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais de fotografia. O ensaio fotográfico “Os Carvoeiros” teve início em 1991, quando Prado […]

Marcos Prado — Free Tibet

Marcos Prado (Rio de Janeiro/ RJ, 1961) Fotógrafo, produtor e diretor de cinema. Sócio fundador da Zazen Produções. Produziu os longas TROPA DE ELITE I e II, ÔNIBUS 174, GARAPA e OS CARVOEIROS (1999), inspirado em seu livro homônimo. Estreou como diretor com o longa ESTAMIRA (20024), melhor documentário do Festival do Rio, da Mostra […]

Gisele Martins

(Santos/SP, 1967) Economista, começou a fotografar na década de 1990. Em 2005 fez sua primeira exposição individual, “Olha que eu vim lá de longe”, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, com curadoria de Diógenes Moura. A série retratou a religiosidade afro-brasileira no bairro paulistano do Bexiga e ganhou o Prêmio Leica-Fotografe em 2006. Participou […]

Eduardo Salvatore

Linhas cruzadas, 1958

(São Paulo, 1914-2006) Considerado o mais importante articulador do movimento fotoclubista brasileiro nas décadas de 1940 e 1950, Eduardo Pedro Paulo Salvatore (1914 – 2006), um dos fundadores do Foto Cine Clube Bandeirante (FCCB), entidade que presidiu por 47 anos, teve também atuação decisiva no processo que levou a fotografia ao circuito das artes. Advogado, […]

Marcos Prado — Jardim Gramacho

Marcos Prado (Rio de Janeiro/ RJ, 1961) A partir de 1993, Marcos Prado passou a frequentar o Jardim Gramacho – um enorme depósito de lixo que então funcionava na periferia do Rio de Janeiro – para fotografar o local e os catadores de lixo. Sete anos depois, Prado passou a fotografar uma personagem em particular, […]