Valdir Zwetsch

O Yamurikumá é um raro ritual de afirmação feminina numa sociedade patriarcal. Nesse dia de festa as mulheres se enfeitam, cantam, dançam e simbolicamente “tomam conta da aldeia. (Aldeia Ipavu, do povo Kamayurá, Território Indígena do Xingu, Brasil, 1973)

Esta série fotográfica faz parte da Coleção de Fotografias da Bibliòteque nationale de France. XINGU, 1973 Valdir Zwetsch fez três viagens ao Território Indígena do Xingu no início dos anos 1970 como repórter das revistas brasileiras “O Cruzeiro” e “Realidade” — ambas já extintas. Além de escrever reportagens sobre cerimônias rituais importantes – como o […]

Léu Britto

(São Paulo/ SP, 1987) Já dizia o provérbio: se a vida lhe der um limão, faça dele uma limonada. É exatamente isso que apresento no ensaio fotográfico “A gambiologia da sevirologia”: como a população periférica desenvolveu estratégias para sobreviver e se adaptar às adversidades de um contexto de ausências. Gambiarra, para nós – me incluo, […]

Marcos Prado — Os carvoeiros

Marcos Prado (Rio de Janeiro/ RJ, 1961) Este ensaio faz parte do acervo de fotografias da Bibliothèque nationale de France. Marcos Prado iniciou sua carreira como fotodocumentarista quando desenvolveu temas como “Free Tibet” e “Jardim Gramacho”. Recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais de fotografia. O ensaio fotográfico “Os Carvoeiros” teve início em 1991, quando Prado […]

Gisele Martins

(Santos/SP, 1967) Economista, começou a fotografar na década de 1990. Em 2005 fez sua primeira exposição individual, “Olha que eu vim lá de longe”, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, com curadoria de Diógenes Moura. A série retratou a religiosidade afro-brasileira no bairro paulistano do Bexiga e ganhou o Prêmio Leica-Fotografe em 2006. Participou […]