Allan Cunha

(São Paulo, 1993)

De família nordestina, cresceu no bairro de São Miguel Paulista, na periferia da zona leste de São Paulo. Descobriu a fotografia e o audiovisual na adolescência. Aos 18 anos, trabalhando no comércio, adquiriu sua primeira câmera e fez seu primeiro curso na área. Anos mais tarde, graduou-se em Fotografia, pela Universidade Paulista (UNIP). Formou-se ainda em Direção de Arte, pela Academia Internacional de Cinema (AIC), e em História da Arte, pela Escola Panamericana de Arte e Design. No mesmo período, iniciou seus primeiros trabalhos como diretor de fotografia no cinema independente.

 

Em 2021, ao completar dez anos de carreira, tem em seu currículo trabalhos selecionados em mostras e festivais de fotografia e cinema, exposições coletivas e individuais. Também produziu materiais fotográficos e em vídeo para projetos de pesquisa, memória, patrimônio histórico, cultura, jornais e revistas eletrônicas de cunho científico. É integrante do coletivo CPDOC Guaianás – Centro de Pesquisa e Documentação Histórica Guaianás; integrou o coletivo de audiovisual Lentes Periféricas; e foi um dos curadores do Festival de Imagens Periféricas. Leciona cursos livres de fotografia em espaços culturais desde 2015.