Porto de Cultura

As Marias

Seu processo criativo é permeado pela busca da expressão e transcendência de vivências pessoais e sociais desafiadoras, como a esquizofrenia, o transtorno de humor, a pobreza, a falta de aceitação familiar, entre outras experiências que fizeram parte de sua história de vida. Porém, apesar de expressar questões pessoais, Tina visa transcender a pessoalidade e despertar a sensibilidade, a força e a originalidade advindas da própria experiência sensível do espectador. 

Através da utilização de soluções pouco usuais e analógicas, Tina obtém resultados que, muitas vezes, parecem ser digitais. A artista se apropria dos materiais disponíveis em sua casa para compor na pele dos modelos, um retrato de seu interior, e não puramente uma foto documental. Assim, os limites do realismo são borrados para dar lugar a um retrato expressivo de uma realidade paralela, não menos realista, mas de ordem subjetiva, que compreende o uso de outros sentidos além do visível.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Clique em prosseguir para aceitar e navegar em nosso site.